Miniciclo revê cinema noir

Gênero ou estilo? Num livro que deve ser lançado no começo do ano, o especialista A.C. Gomes de Mattos é dos que defendem a idéia de que o film noir, mais do que um gênero cinematográfico, é um estilo. Um dos filmes que ele analisa é Fuga ao Passado, o cult Out of the Past, de Jacques Tourneur. Se você quer saber o que é o film noir ou se já viu mas quer rever, tem hoje a rara oportunidade.O Cine Arte Lilian Lemmertz exibe um miniciclo dedicado ao noir. A programação começou hoje. Na quarta e na quinta passam os melhores programas - Fuga ao Passado e Cinzas Que Queimam, de Nicholas Ray. Noir. A palavra, você sabe, é francesa e designa uma tendência que foi importante em Hollywood nos anos 40 e 50. Há até uma piada que tenta explicar a existência desses filmes dizendo que o todo-poderoso Jack Warner, forçado pela economia de guerra, havia dado a ordem para que se cortasse a luz no seu estúdio.Se a ordem algum dia foi mesmo dada, diretores inteligentes transformaram a economia forçada em ferramenta de trabalho e desenvolveram um estilo. São filmes de clima sombrio, que bebem na fonte visual do expressionismo e expõem a violência das cidades e a capacidade de destruição dos seres humanos. Pode haver film noir sem detetive particular, um personagem emblemático da tendência, mas não há sem femme fatale.A mulher fatal de Fuga ao Passado é Jane Greer. Robert Mitchum faz o detetive, pois nesse filme há um detetive. É contratado para localizar a mulher (Jane) de um gângster. Kirk Douglas fecha o triângulo e o filme traz a essência do film noir - homens enganados por mulheres, homens e mulheres enganados por aparências. Um filmaço.Miniciclo Noir - No Cine Arte Lilian Lemmertz - Sala 2 (Rua Clélia, 33, fone 3864-3129). Amanhã (01) - Fuga ao Passado, de Jacques Tourneur, com Robert Mitchum, Jane Greer e Kirk Douglas. 16 h e 20 h. Quinta - Cinzas Que Queimam, de Nicholas Ray, com Robert Ryan e Ida Lupino. 16h, 18h e 20h.

Agencia Estado,

31 de outubro de 2000 | 18h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.