Marco Antonio Teixeira/Migdal Filmes
Marco Antonio Teixeira/Migdal Filmes

'Minha Mãe é Uma Peça 3' arrecada R$ 144 milhões nas bilheterias

Anunciado como recorde, soma não leva em conta a inflação baseada nos valores obtidos por outros grandes sucessos do cinema nacional

Redação, O Estado de S. Paulo

22 de janeiro de 2020 | 15h57

O filme Minha Mãe é Uma Peça 3 se tornou a maior bilheteria do cinema brasileiro, arrecadando R$ 144 milhões. A produção, que estreou em dezembro, já foi vista por mais de 9 milhões de pessoas, segundo a plataforma de dados Rentrak COMSCORE.

O recorde diz respeito à arrecadação nominal, sem levar em conta a inflação de valores arrecadados nas bilheterias por outros grandes sucessos do cinema nacional. Produções como Dona Flor e Seus Dois Maridos (1976), Os Dez Mandamentos (2016) e Tropa de Elite 2 (2010) foram vistos por mais de 11 milhões de pessoas.

A bilheteria de Minha Mãe é Uma Peça 3 foi maior que a da sequência anterior, que contabilizou R$ 123 milhões. Na terceira parte da franquia, dirigida por Susana Garcia, Dona Hermínia (Paulo Gustavo) vê a família indo embora de casa, com uma filha grávida e um filho prestes a casar. Ela também precisa encarar a volta do ex-marido, interpretado por Herson Capri.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.