MinC abre inscrições para longa

O Ministério da Cultura abriu hoje as inscrições para o concurso que vai selecionar um projeto de longa-metragem que receberá apoio financeiro, em co-produção com o governo português. As inscrições deverão ser feitas por produtores independentes, que terão até dia 4 de agosto para inscrever seus projetos.O concurso faz parte do Acordo de Co-Produção Cinematográfica, firmado pelos governos brasileiro e português, em 1981. O Instituto Português de Arte Cinematográfica e Audiovisual (Ipaca) e a Secretaria do Audiovisual estão encarregadas de organizar o concurso, formando uma comissão para selecionar o projeto vencedor. Serão indicados dois representantes de cada país, que vão reunir-se em outubro, para definir o vencedor.No momento da inscrição, é preciso apresentar dois envelopes lacrados, um com a documentação necessária para a habilitação, que consta no edital, e outro com os detalhes do projeto. A produtora escolhida será considerada co-produtora minoritária, recebendo o equivalente a US$ 160 mil. O dinheiro será liberado em três parcelas. A primeira logo no início das filmagens, a segunda na entrega da cópia do filme e a terceira no momento da distribuição. Embora o financiamento seja parcial os organizadores destacam que a presença dos governos português e brasileiro confere grande credibilidade aos produtores, facilitando o aporte de outros patrocinadores, pelas leis de incentivo à cultura. As inscrições poderão ser feitas diretamente na Secretaria do Audiovisual, em Brasília, ou nas delegacias regionais do Ministério da Cultura, em São Paulo (0- - 11-539-6304), Minas Gerais (0- - 31-224-6785), Rio de Janeiro (0- - 21-220-6590) e Pernambuco (0- -81-424-7611). O edital do concurso pode ser encontrado nesses locais e também na Internet (www.minc.gov.br.).Mais informações podem ser obtidas diretamente com a Secretaria do Audiovisual, pelo telefone (0- -61) 316-2238.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.