AP Photo/Kirsty Wigglesworth, File
AP Photo/Kirsty Wigglesworth, File

Michael Keaton revela por que largou os filmes de 'Batman'

Depois de protagonizar duas produções dirigidas por Tim Burton, o ator recusou o papel em 'Batman Eternamente', de Joel Schumacher

AP

04 Janeiro 2017 | 14h29

LOS ANGELES - Michael Keaton revelou a razão por trás da sua saída da franquia do Batman após dois filmes. Keaton fez o super-herói em Batman (1989) e Batman: O Retorno (1992), ambos dirigidos por Tim Burton. Joel Schumacher foi contratado para dirigir Batman Eternamente (1995), e Keaton decidiu passar o papel para frente.

O ator disse numa entrevista ao The Hollywood Reporter que o roteiro para filme "nunca foi bom". Ele disse que não entendeu por que Schumacher "queria fazer aquilo" com o filme, que tinha um tom mais leve do que os dois antecessores.

Val Kilmer assumiu o papel do homem morcego.

Keaton está em cartaz nos EUA com o filme The Founder (Fome de Poder), uma biopic sobre um dos criadores do McDonald's, Ray Kroc.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.