México escolhe representante ao Oscar 2002

O filme Perfume de Violetas foi selecionado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas do México para representar o país na disputa de melhor filme estrangeiro. O anúncio foi realizado na noite de ontem. O drama da cineasta Maryse Sistach derrotou outras oito produções em seu trajeto rumo ao principal prêmio da indústria norte-americana de cinema, inclusive Y Tu Mamá También, de Alfonso Cuarón, um dos destaques da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, e El Espinazo del Diablo, de Guillermo del Toro.O roteiro do filme, escrito por José Buil, marido da cineasta, enfoca a violação e a incompreensão familiar. Os atores da obra são Ximena Ayala, Nancy Gutiérrez, Luis Fernando Peña, Araceli Ramírez e María Rojo. O anúncio foi feito pelo secretário geral da Academia, o ator Pedro Armendáriz Jr. No ano passado, o México foi representado pelo drama Amores Brutos (Amores Pejos), de Alejandro González-Iñarritu. A lista de filmes que já foram selecionados pelos respectivos países para disputarem uma das cinco vagas ao prêmio de melhor filme estrangeiro da versão 2002 do Oscar inclui Abril Despedaçado, do Brasil, Italiano para Principiantes, da Dinamarca, O Quarto do Filho, da Itália, Dark Blue World, da República Tcheca, e O Fabuloso Destino de Amèlie Poulain, da França.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.