'Meus amigos vão me odiar', brinca Jackman sobre Ronaldo

No Rio, protagonista de 'Wolverine' promete novo longa e diz que seria útil ter sido eleito sexy aos 21 anos

Roberta Pennafort, O Estado de S. Paulo

06 de maio de 2009 | 12h02

 O ator Hugh Jackman, que está no Brasil para divulgar X-Men - Origens, foi só simpatia na entrevista coletiva do filme na manhã desta quarta-feira 6, no Hotel Copacabana Palace, onde se hospedou. O australiano volta para Nova York ainda nesta quarta.

 

Foto: Fábio Motta/AE

 

Jackman começou falando as únicas palavras que aprendeu em português: "Bom dia. Estou muito feliz de estar no Brasil". Bem humorado e muito amável com os repórteres - a maior parte, fã da série, o que ficou óbvio ao fim, quando praticamente todos se amontoaram para pedir autógrafos e tirar fotos com o galã australiano -, ele respondeu perguntas sobre a sequência de X-Men, prometendo mais um filme.

 

Foto: Fábio Motta/AE

 

Jackman disse adorar o Brasil, e afirmou que "as mulheres brasileiras são as mais bonitas do mundo". O ator ainda comentou a ida ao Corinthians e o encontro com Ronaldo: "agora, sim, meus amigos vão me odiar!". O protagonista de 'Wolverine' falou ainda sobre o "título" de "homem mais sexy do mundo". "Teria sido mais útil quando eu tinha 21 anos".

 

X-Men - Origens foi o maior lançamento da Fox no Brasil em todos os tempos. Estreou na quinta-feira passada e, só nos primeiros quatro dias, levou mais de um milhão de pessoas aos cinemas. Nos Estados Unidos, faturou US$ 35 milhões no primeiro dia, mesmo tendo vazado na internet um mês antes da estreia.

Tudo o que sabemos sobre:
Wolverine

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.