Divulgação
Divulgação

'Meu Passado Me Condena 2' faz a maior bilheteria de um filme brasileiro lançado nas férias de julho

Resultado da estreia é animador e levanta expectativa de que o filme supere logo a barreira do milhão de espectadores

Luiz Carlos Merten, O Estado de S. Paulo

06 Julho 2015 | 16h16

Ele conseguiu, de novo. Fábio Porchat, que além de ator, roterirista e stand-up comic, é cronista do Estado, mostrou mais uma vez a força de seu nome. E dessa vez, com o reforço da bela e talentosa Miá Mello. Meu Passado Me Condena 2 estreou na quinta-feira e fez, no primeiro fim de semana, a maior bilheteria de um filme brasileiro lançado nas férias de julho. Concorrendo com as animações em cartaz e com o novo Terminator de Arnold Schwarzenegger, Meu Passado 2 fez 476 mil espectadores em 800 salas. 

Num ano que não está sendo bom para o cinema brasileiro, Porchat já havia feito com um filme cabeça - seu filme 'de arte' -, Entre Abelhas, cerca de 500 mil espectadores, muito mais que comédias planejadas para ser blockbusters e que não deram certo na bilheteria.

O sucesso inicial de Meu Passado 2 é animador e levanta expectativa de que o filme supere logo a barreira do milhão de espectadores. Será mais uma prova de que a franquia tem respaldo no público e que Porchat (e Mia) não negam fogo como fenômenos de comunicação. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.