Brita Pedersen/EFE
Brita Pedersen/EFE

Meryl Streep é homenageada em Berlim pelos 35 anos de carreira

Atriz é favorita ao Oscar por papel de Margaret Thatcher em 'A Dama de Ferro'

Reuters

14 de fevereiro de 2012 | 18h00

Meryl Streep recebeu um buquê de flores, um presente e um beijo no Festival de Cinema de Berlim nesta terça-feira, quando muitos países do mundo comemoram o dia dos namorados no Valentine's Day. E nada disso foi dado pelo marido dela. A atriz, de 62 anos, esteve em Berlim para receber um prêmio Urso de Ouro pelo conjunto de sua carreira.

Em uma concorrida entrevista coletiva após a exibição de gala especial de seu novo filme A Dama de Ferro, Streep refletiu sobre o preço da fama e sobre como interpretar Margaret Thatcher mudou sua opinião pessoal a respeito da ex-primeira-ministra britânica.

Num certo momento, um jornalista subiu no palco, entregou um buquê de flores brancas à atriz e deu um beijo nela. "Que lindas", disse ela, acrescentando: "Meu marido não me mandou flores, então graças a Deus por Dieter!".

Outro repórter deu de presente uma boneca russa, com cada bonequinha pintada de forma diferente para representar os diversos papeis já interpretados por ela nos filmes, incluindo A Dama de Ferro e O Diabo Veste Prada.

Dois dias atrás a atriz norte-americana ganhou o prêmio Bafta em Londres por A Dama de Ferro, somando-se ao Globo de Ouro que recebeu pelo mesmo papel. Ela é a favorita para o Oscar, em 26 de fevereiro, que seria o terceira de sua carreira.

A atriz já levou a famosa estatueta como melhor atriz coadjuvante na saga familiar de 1979 Kramer vs. Kramer e como melhor atriz pela história do Holocausto de 1982 A Escolha de Sofia.

Outra estrela de Hollywood, Angelina Jolie, ganhou um prêmio em Berlim, recebido na noite de segunda-feira. O troféu Cinema pela Paz vai para cineastas que promovem os valores humanitários.

A atriz exibiu seu drama de guerra bósnio In the Land of Blood and Honey no festival deste ano, e passou pelo tapete vermelho ao lado do parceiro Brad Pitt antes de receber o prêmio.

"Esse prêmio... não é apenas porque temos um filme que olha para o passado, mas um elenco e um projeto que olham para frente, para um futuro mais próspero na região, e é isso que nós todos realmente queremos", disse Angelina à Reuters.

Tudo o que sabemos sobre:
Meryl StreepBerlimDama de Ferro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.