Mel Gibson termina de cumprir pena de liberdade condicional

Ator foi condenado em agosto de 2006 a pagar multa e freqüentar o AA por dirigir sob efeito de álcool

Efe,

08 Fevereiro 2014 | 01h08

O ator Mel Gibson terminou de cumprir a pena de um ano e cinco meses de liberdade condicional à qual havia sido condenado em agosto de 2006 por dirigir sob efeito de álcool, informa a revista People.   "Agora você depende de si mesmo", disse o juiz Lawrence Mira ao ator, a quem desejou "boa sorte" em seu processo de reabilitação. O protagonista de "Coração Valente" respondeu: "Obrigado, meritíssimo".   Gibson, de 52 anos, chegou nesta quarta-feira, 13, ao tribunal onde aconteceu sua audiência pela porta dos fundos, para evitar os fotógrafos.   Em 2006, quando foi flagrado dirigindo bêbado, o também diretor e produtor foi condenado a freqüentar reuniões dos Alcoólicos Anônimos (AA), a pagar uma multa de US$ 1.300 e a passar três anos em liberdade condicional, dos quais só teve que cumprir 17 meses.

Mais conteúdo sobre:
Mel Gibson

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.