Mel Gibson pede desculpas por dirigir embriagado

O ator Mel Gibson pediu desculpas nesta sábado, 29, por dirigir bêbado e assegurou que travou uma longa batalha contra o alcoolismo ao longo de sua vida.O diretor de "A Paixão de Cristo" também pediu perdão, em comunicado, por ter feito comentários "desprezíveis" aos policiais que o detiveram na sexta-feira, 28, em uma estrada de Malibu, no litoral do Pacífico, onde, assim como outras estrelas, tem sua residência."Comportei-me como uma pessoa completamente fora de controle", disse, em comunicado emitido por sua assessoria. A polícia não informou o que Gibson disse exatamente após a detenção."Fiquei envergonhado e envergonhei minha família com esse comportamento, e por isso estou profundamente triste", acrescentou o ator e diretor na nota, na qual assegura ter travado uma "batalha contra a doença do alcoolismo durante toda a vida adulta".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.