Yves Herman/ Reuters
Yves Herman/ Reuters

Mel Gibson dirigirá mais um drama sobre a Segunda Guerra Mundial

'Destroyer' gira em torno da batalha de Okinawa, em abril de 1945

EFE

01 Maio 2018 | 13h37

Após o sucesso de seu último filme como diretor, Até o Último Homem, Mel Gibson já prepara seu próximo trabalho atrás das câmeras, outro drama sobre a Segunda Guerra Mundial intitulado Destroyer, segundo informou nesta segunda-feira, 30, o site da revista The Hollywood Reporter.

Gibson, que recebeu uma indicação ao Oscar de melhor diretor por Até o Último Homem, baseará seu novo projeto no livro de John Wukovits, Hell From the Heavens: The Epic Story of the USS Laffey and World War II's Greatest Kamikaze Attack.

Rosalind Ross escreveu o roteiro da história, que gira em torno da batalha de Okinawa, em abril de 1945, quando o navio americano ao qual faz menção o livro resistiu a vários ataques suicidas e ganhou a fama não afundar.

O autor do livro baseou sua obra em entrevistas pessoais com sobreviventes e com as mensagens dos marujos durante o conflito.

Até o Último Homem, cuja história também se desenvolvia durante a batalha de Okinawa, se centrava na figura real de Desmond Doss, condecorado com a Medalha de Honra, o máximo reconhecimento nas forças armadas dos Estados Unidos, apesar de sua rejeição a portar armas enquanto combateu na 2ª Guerra Mundial.

Doss foi achincalhado pelos seus companheiros após declarar-se objetor de consciência, mas terminou ganhando o respeito e a admiração de todos eles ao salvar as vidas de 75 homens na batalha.

 

Mais conteúdo sobre:
Mel Gibson Segunda Guerra Mundial

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.