Warner Bros. Pictures
Warner Bros. Pictures

‘Matrix Resurrections’ retoma saga de Neo depois de 18 anos

Quarto episódio da série que representou uma revolução para a ficção científica estreia na próxima quinta-feira, 23

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de dezembro de 2021 | 05h00

A saga Matrix, que representou uma pequena revolução para a ficção científica no cinema, volta à grande tela nesta semana, dia 23, com o quarto filme do herói Neo. Keanu Reeves retorna, aos 57 anos, ao papel que marcou o antes e depois em sua carreira.

O terceiro episódio da série, Revolutions, chegou aos cinemas há 18 anos, mas no universo Matrix tudo é possível. As expectativas são muito elevadas entre os fãs, que transformaram a série em um dos grandes sucessos do cinema dos anos 2000. Os três primeiros filmes arrecadaram quase US$ 1,6 bilhão. A nova aventura, Matrix Resurrections, tem apenas uma diretora, Lana Wachowski. Sua irmã Lilly optou por não participar da produção que vai estrear em breve.

Quase tudo que diz respeito a Matrix rompeu moldes na época do lançamento do primeiro filme, em 1999. Na época, os Wachowski eram dois irmãos, que anos depois mudaram de gênero.

Matrix causou grande sensação no cinema ao introduzir noções como o metaverso, ou por seus efeitos especiais, que conseguiram “desacelerar” o tempo ao redor dos personagens. A saga foi uma mistura ousada de mitos eternos, como o do herói predestinado a salvar a humanidade, com teorias inéditas, como a de uma realidade inexistente, composta por códigos de computador. 

Fãs consideram que Matrix previu o século 21, por exemplo, ao descrever o controle das relações sociais por gigantes como o Facebook./Com informações da agência AFP.

Tudo o que sabemos sobre:
Matrix

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.