Divulgação
Divulgação

Mateus Solano discute a vaidade de Vítor, de 'Em Nome da Lei'

Ator interpreta um juiz íntegro e vaidoso de 'Em Nome da Lei'

Luiz Carlos Merten, O Estado de S. Paulo

17 de abril de 2016 | 06h00

Chico Diaz faz o poderoso Gomez de Em Nome da Lei. É o homem que manda na fronteira. Tem a sua lei. Vira a prioridade do juiz Vítor/Mateus Solano, que quer acabar com seu reinado. Chico Diaz vive o personagem de forma discreta, mas com a excelência que o público lhe reconhece – em cinema, teatro e TV. Chico se pergunta até agora em que tecla do público tocou ao fazer o Belmiro da primeira fase da novela Velho Chico.

“Fiz como sempre, e dentro do método de Luiz Fernando Carvalho (diretor da novela). A gente prepara muito, o texto é do Benedito (Ruy Barbosa), outro nome que significa qualidade. Não fiz nada diferente, mas, desta vez, a resposta do público foi a mais calorosa da minha carreira. O Belmiro arrebatou o público. Sua morte provocou comoção. Acho que tem a ver com o personagem, claro, mas principalmente com o momento em que vivemos.”

LEIA MAIS: Paolla Oliveira estreia com força no filme 'Em Nome da Lei'

Na entrevista acima, Paolla Oliveira cita a cena final – Vítor no espelho. O juiz pode ser íntegro, mas é vaidoso. “Totalmente”, diz Mateus Solano, que faz o papel. “Ele age movido não apenas pela consciência, mas pelo desejo de aparecer.”

O repórter arrisca. Diz que o diretor o escolheu por causa daquela cena. Solano, afinal, à luz de Félix (de Amor à Vida), não tem physique du rôle para ser o juiz. Ele morde a isca – “Mas sou ator, não é, meu querido? Tenho de poder fazer...” O repórter também diz ao diretor que seu filme anterior, Salve Geral, era melhor. Sergio Rezende fica em dúvida. “Não discuto críticas, mas, do meu ponto de vista, esse é um filme maduro sobre questões essenciais do Brasil atual.”

Tudo o que sabemos sobre:
Chico DiazMateus SolanoSergio Rezende

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.