Foto: Pixar
Foto: Pixar

Dia das Mães: 12 filmes inesquecíveis sobre maternidade

Seja pela maldade de algumas figuras ou pela força da interpretação de outras atrizes, é difícil não falar nelas quando se pensa em maternidade nas telonas

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de maio de 2019 | 16h35

A sétima arte sempre nos presenteou com mães inesquecíveis. Seja pela maldade de algumas figuras ou pela força da interpretação de outras atrizes, é difícil não falar nelas quando se pensa em filmes sobre maternidade.

Para comemorar o Dia das Mães, o ‘Cultura Estadão’ escolheu as mamães de maior destaque na história dos cinemas; confira.

Um sonho possível

O drama acompanha a trajetória de Michel Oher, um garoto que foi de sem-teto a sucesso no futebol americano depois de ser adotado Leigh Anne Tuohy, interpretada por Sandra Bullock. A atriz levou o Oscar de melhor atriz.

Lado a lado

Em Lado a Lado, Susan Sarandon é uma mãe prestes a se sacrificar para ver os filhos felizes. Sabendo que sofre de uma doença grave, ela começa a preparar a madrasta (Julia Roberts) para cuidar de seus filhos pequenos quando ela não estiver mais presente.

O Exterminador do Futuro 2

Sarah Connor (Linda Hamilton) tem como principal objetivo na série O Exterminador do Futuro proteger o seu filho das garras do protagonista (Arnold Schwarzenegger), um ciborgue vindo do futuro, que pretende matar o garoto antes que ele cresça e lidere a resistência dos humanos.

Dançando no Escuro

Björk surpreendeu a todos em Dançando no Escuro. Ela interpreta Selma, uma funcionária de uma usina que está perdendo a visão. Sabendo que a doença é hereditária, e que seu filho terá o mesmo problema se não passar por uma caríssima cirurgia, ela continua trabalhando, em ritmo cada vez mais acelerado.

Preciosa - Uma história de esperança

Uma das mães mais cruéis que o cinema já viu: além de demonstrar ódio pela filha e agredi-la todos os dias, ela ainda é conivente com a violência sexual que Preciosa (Gabourey Sidibe) sofre do próprio pai, e acusa a garota de "roubar o homem" dela... Depois de assistir ao filme, é difícil esquecer esta atuação perturbadora de Mo'Nique.

Cisne Negro

Erica (Barbara Hershey) vigia cada passo da filha Nina (Natalie Portman) com medo que ela se torne independente e a abandone. Quando Nina conquista o cobiçado papel principal na peça O Lago dos Cisnes, Erica faz de tudo para sabotar a própria filha - inclusive fechando-a em casa no dia da apresentação.

Mamãezinha querida

Faye Dunaway interpreta a atriz Joan Crawford, que trata os filhos adotivos de maneira violenta e autoritária.

Sob o domínio do mal

Eleanor Iselin (Angela Lansbury) é tanto uma mãe manipuladora quanto uma agente secreta comunista, responsável por fazer uma lavagem cerebral no próprio filho, um soldado traumatizado pela guerra. Esta personagem marcante de Sob o Domínio do Mal (1962) controla também os negócios do marido, um senador ingênuo, e condiciona os principais personagens da história a cometerem assassinatos a seu favor.

Cinderela

Cate Blanchett dá vida a terrível madrasta que faz da vida de Cinderela um inferno nessa adaptação live action do clássico.

Alma em suplício

Joan Crawford dá vida a uma mãe dedicada e durona que luta para ganhar a aprovação da sua filha depois que o marido a abandona nesse clássico do cinema noir.

Lágrimas de esperança

Cicely Tyson está impecável como uma mãe de uma família afrodescendente que enfrenta dificuldades durante um período de crise econômica.

Mamãe é de morte

A personagem interpretada por Kathleen Turner é uma serial killer capaz de matar qualquer um que despreze seus filhos. Mas mesmo os adolescentes, que ela pensa estar protegendo, tem medo dela.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.