Marvel em busca de diversidade: filmes terão protagonistas mulheres e heróis LGBTs

A Marvel anunciou, na Comic-Con, a lista de filmes que fará nos próximos anos - ela terá seu primeiro super-herói abertamente LGBTQ, um super-herói que é deficiente auditivo e um filme apresentado por um super-herói asiático

Brooks Barnes - The New York Times

Você pode ler 5 matérias grátis no mês

ou Assinar a partir de R$1,90

Você pode ler 5 matérias grátis no mês

ou Assinar a partir de R$1,90

Você leu 4 de 5 matérias gratuitas do mês

ou Assinar a partir de R$1,90

Essa é sua última matéria grátis do mês

ou Assinar a partir de R$1,90

LOS ANGELES - A Marvel Studios gerou mais de US$ 22 bilhões na venda global de ingressos desde 2008. Seus 23 filmes durante esse período transformaram personagens menos importantes de histórias em quadrinhos como Homem de Ferro e Rocky Racum em marcos culturais. Até mesmo o Homem-Formiga foi um sucesso.

Mas por meses a Marvel foi tímida com os fãs, sem falar nos estúdios rivais e Wall Street, sobre seus futuros projetos.

Trio de ‘Thor’ na Comic-Con: Natalie Portman, Chris Hemsworth e Tessa Thompson Foto: Kevin Winter/Getty Images/AFP

Na noite de sábado, 20, o estúdio finalmente revelou o que estava por vir: uma série de filmes interconectados e shows num serviço de streaming que enfatizam a diversidade dos dois lados da câmera. A lista inclui o primeiro super-herói abertamente LGBTQ em um filme da Marvel, um super-herói que é deficiente e um filme apresentado por um super-herói asiático.

Os filmes e os programas de TV ou vão empurrar a Marvel ainda mais para a estratosfera ou, finalmente, revelar as limitações do estúdio. Até agora, Kevin Feige, o maior fã da Marvel, na chefia, focou quase inteiramente em filmes. Mas a Walt Disney Co., dona da Marvel, conta agora com ele para também fazer shows obrigatórios em seu serviço de streaming Disney Plus, cujo lançamento está programado para 12 de novembro.

E ele terá que fazer isso sem alguns dos personagens mais populares da Marvel, incluindo o Homem de Ferro e o Hulk, que estão nos seus necessários descansos.

Feige anunciou os novos projetos da Marvel durante uma apresentação noturna na Comic-Con International, uma convenção anual de fãs em San Diego que atraiu 140 mil pessoas.

Scarlett Johansson será a protagonista de Viúva Negra, reprisando seu papel como espiã e superassassina de filmes anteriores da Marvel, como Capitão América: Guerra Civil. Os fãs há muito tempo pressionam a Marvel a dar ao personagem seu próprio filme (e vender mais produtos relacionados). Viúva Negra, dirigido por Cate Shortland, será lançado nos cinemas em maio.

Angelina Jolie, Kumail Nanjiani, Salma Hayek, Brian Tyre Henry e Richard Madden vão estrelar Os Eternos, um filme marcado para novembro de 2020. Ele vai se concentrar em imortais misteriosos, um dos quais é surdo. A diretora do filme, Chloé Zhao, é chinesa e conhecido por filmes de arte pouco vistos, como Domando o Destino, que arrecadou US$ 2,4 milhões em todo o mundo no ano passado.

A Marvel também tentará reproduzir seu sucesso com Pantera Negra, que apresentou um elenco majoritário de negros, adicionando um super-herói asiático ao seu universo cinematográfico. Shang-Chi and the Legend of the Ten Rings terá como astro um ator chinês canadense, Simu Liu, no papel-título. Awkwafina se juntará a ele no filme, que deve ser lançado nos cinemas em fevereiro de 2021. Shang-Chi está sendo dirigido por Destin Daniel Cretton, o cineasta nipo-americano conhecido pelo filme indie de 2013 Temporário 12.

Os próximos lançamentos da Marvel também incluem Doctor Strange in the Multiverse of Madness (maio de 2021) e Thor: Love and Thunder (novembro de 2021). Em uma grande reviravolta, Natalie Portman retornará para a série Thor como uma versão feminina do deus do trovão. A quarta edição de Thor também encontrará Tessa Thompson reprisando seu papel como Valkyrie; Thompson confirmou durante a apresentação da Comic-Con que sua personagem terá uma narrativa lésbica.

“Como novo rei, ela precisa encontrar sua rainha”, disse Thompson. “Essa será a primeira ordem de negócios.”

Feige disse que também estava trabalhando em uma nova versão do thriller de vampiros Blade: O Caçador de Vampiros, desta vez, estrelado por Mahershala Ali, e um novo filme Quarteto Fantástico, junto com Capitã Marvel 2, Pantera Negra 2 e Guardiões da Galáxia Vol. 3. “Espera-se que esses filmes comecem a chegar em 2022.”

O próximo lote de filmes da Marvel – Fase 4 no vernáculo do estúdio, com Homem-Aranha: Longe de Casa encerrando a fase anterior – contará com histórias que se estendem abertamente a telas menores, o primeiro da operação da Feige. Até agora, programas de TV da marca Marvel como Jessica Jones e Agentes S.H.I.E.L.D. foram feitos por uma divisão menor da Marvel.

Quatro dos cinco programas nos quais Feige está trabalhando para o aplicativo Disney Plus, todos anunciados anteriormente, se concentram nos personagens Vingadores. Tom Hiddleston está reprisando seu papel vilão em Loki (2021). Elizabeth Olsen vai reprisar seu etéreo personagem Scarlet Witch em WandaVision (2021). Anthony Mackie retornará como o Falcão em The Falcon and the Winter Soldier (2020). E Jeremy Renner estrela em Hawkeye (2021).

Uma quinta série, What If ...? (2021), é animada. Ela se concentra em novas versões de momentos cruciais dos filmes antigos da Marvel/ TRADUÇÃO DE CLAUDIA BOZZO

Tudo o que sabemos sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato