Marlon Brando deixa US$ 21,6 milhões em bens

Marlon Brando deixou dez filhos e US$ 21, 6 milhões em bens ? incluindo sua mansão em Beverly Hills ?, conforme afirma seu testamento, lido nesta sexta-feira pela corte suprema. As propriedades do ator incluem US$ 18,6 milhões em imóveis e US$3 milhões em propriedades pessoais. O testamento, no entanto, não especifica como os bens devem ser divididos. Brando, que no documento declara que não era casado, reconhece como seus filhos Christian, 46 anos; Miko, 43; Teihotu, 41; Rebecca Brando Kotlinzky, 38; Petra Brando-Corval, 32; Maimiti, 28; Raiatua, 23; Nina Priscilla, 15; Myles Jonathan, 12; e Timothy Gahan, 10.O texto indica que seus três herdeiros mais novos são frutos de um relacionamento que teve com sua ex-empregada, Maria Christina Ruiz, que também foi apontada como a guardiã legal dos três menores de idade. Petra Brando-Corval foi adotada e não é uma das beneficiárias do testamento. A jovem é filha de Brando e sua ex-assistente pessoal, Caroline Barrett, que chegou a processar o ator por causa de um empréstimo de US$ 185 mil. Marlon Brando, morto em 1º de julho por insuficiência respiratória, teve outra filha, Cheyenne, que cometeu suicídio em 1995. Veja o Especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.