Marion Cotillard, de 'Piaf', conquista Oscar de melhor atriz

A atriz Marion Cotillard venceu o Oscar de melhor atriz pela interpretação da lendária cantora Edith Piaf em "Piaf: Um Hino ao Amor". É a primeira francesa desde 1960 a conquistar o prêmio nesta categoria. Cotillard, indicada ao Oscar pela primeira vez, era considerada uma das favoritas. Ela é filha do ator Jean-Claude Cotillard. A atriz de 32 anos surpreendeu o público e a crítica em seu país e fora dele com sua transformação física no filme que traça a vida turbulenta de Piaf. A cantora francesa alcançou fama internacional após ter sido criada pela avó em um bordel, mas teve a vida atrapalhada pelo abuso de drogas e álcool. A vitória acontece dias após Cotillard, nascida em Paris, ter conquistado o prêmio francês Cesar de melhor atriz por "La Mome", como o filme é conhecido na França. Ela também ganhou o Bafta e o Globo de Ouro por este papel. Antes dela, Simone Signoret havia levado o Oscar de 1960 por seu papel em "Almas em Leilão". Várias outras francesas, incluindo Catherine Deneuve e Isabelle Adjani, já foram indicadas ao Oscar. Na categoria de melhor atriz, Cotillard concorria com Julie Christie ("Longe Dela"), Ellen Page ("Juno"), Laura Linney ("A Família Savage") e Cate Blanchett ("Elizabeth: A Era de Ouro"). (Por Lisa Baertlein)

REUTERS

08 Fevereiro 2025 | 00h58

Mais conteúdo sobre:
FILME OSCAR ATRIZ

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.