Marcos Palmeira pode viver JK no cinema

A arte costuma imitar a vida ou um mau programa de televisão. Na novela das nove Celebridade, o produtor de cinema Fernando Amorim, vivido pelo ator Marcos Palmeira, busca financiamento para fazer um filme sobre o presidente Juscelino Kubitschek, um dos mais populares que o País já teve. Na vida real, o pai do ator, o cineasta Zelito Viana, tem um projeto semelhante que pode até ter Marcos Palmeira como o Presidente Bossa Nova, como Juscelino Kubitschek era conhecido por sua temporada coincidir com o florescimento de um dos movimentos musicais mais importantes do Brasil. No lançamento do documentário que Sílvio Tendler fez para o Banco do Brasil sobre o médico sanitarista Oswaldo Cruz, Palmeira (que interpreta o personagem-título) disse que viver o ex-presidente Juscelino seria bem interessante, pois é um grande admirador do criador de Brasília. Ainda não se sabe quando nem quanto o projeto poderia vingar. Até agora nenhum filme de ficção focalizou o mais popular presidente brasileiro, que recentemente foi alvo de biografias e livros sobre sua contribuição à construção do País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.