Mal entendido fez com que Van Damme desistisse do papel de Predador

Entrevista de um produtor do longa de 1987 revela que Van Damme ficou furioso ao descobrir que seria apenas uma espécie de dublê, já que o personagem é invisível

O Estado de S. Paulo

10 de abril de 2014 | 18h30

Vinte e sete anos após o lançamento de Predador (1987), uma entrevista com Steve Johnson, produtor de efeitos especiais do filme, revela que o famoso alienígena caçador foi idealizado com um visual completamente diferente. Vídeos do making of do longa de ficção científica mostram que o monstro seria interpretado por Jean-Claude Van Damme, mas o ator negou o papel por não gostar da roupa que teria que usar. Assista à entrevista em inglês:

Segundo Johnson, para fazer os efeitos de invisibilidade na gravação, a equipe fez uma versão da fantasia do Predador em vermelho, mas Van Damme não havia sido avisado que aquela não era a roupa definitiva. Com o desentendimento, o ator ficou furioso e desistiu de participar do filme.

"Estávamos vestindo Jean-Claude com a fantasia vermelha e acreditávamos que haviam avisado a ele exatamente o que estava acontecendo. Mas ele achou que aquela era na verdade o verdadeiro visual do monstro", conta Johnson. "Ele dizia: eu odeio isso, eu odeio isso. Eu pareço um super-herói. Ele estava muito bravo."

O problema é que mesmo depois de explicar o mal entendido, a situação só piorou. "Eu falei: Jean-Claude, não te contaram? É um aparelho para invisibilidade. Você estará invisível por metade do filme. Ele ficou ainda mais furioso porque imaginou que lutaria com Arnold Schwarzenegger, mostrando suas habilidades nas artes marciais", explica Johnson. "Ele não havia percebido que ele seria apenas uma espécie de dublê."

Jean-Claude Van Damme chegou a gravar uma cena como o Predador, mas abandonou a produção do filme. O ator Kevin Peter Hall, que também interpretou um piloto de helicóptero no filme, entrou no lugar dele. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.