Mais quatro filmes de Glauber serão restaurados

Terra em Transe, um dos clássicos do cinema brasileiro, será restaurado em alta definição e terá relançamento até o fim do ano. O patrocínio do projeto é da Petrobrás e se inclui no calendário de comemorações do cinqüentenário da empresa. Terra em Transe foi escolhido como o primeiro dos quatro filmes de Glauber Rocha que serão recuperados. A seguir virão O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro, Barravento e Idade da Terra. O relançamento de Terra em Transe virá sob a forma dupla de cópia em 35 milímetros, para ser exibida em cinemas, e em DVD.Completada a iniciativa, será dado um passo importante para que o conjunto da obra de Glauber esteja disponível para o espectador. Meses atrás, a Versátil, em parceria com a Riofilme, havia lançado o DVD de Deus o Diabo na Terra do Sol. Trabalho impecável, em dois discos, um com o filme, outro com extras preciosos, como o trailer da época, depoimentos, análise crítica, etc. Com a recuperação de Terra em Transe, as duas obras-primas de Glauber ficarão ao alcance da locadora mais próxima. Isso é fundamental para a divulgação dessa obra de um artista exigente, difícil, incontornável.Com esses restauros, ficarão faltando os filmes estrangeiros de Glauber Rocha: Cabeças Cortadas (Espanha), Claro (Itália), Leão de Sete Cabeças (Itália) e História do Brasil (Cuba). Além do precursor do cinema marginal, Câncer, e dos curtas-metragens. O principal deles, Di-Glauber, continua proibido, embora a sentença judicial que o tirou de circulação tenha sido questionada em tese acadêmica, defendida no dia 4, na USP, pelo pesquisador José Mauro Gnaspini - conforme o Estado anunciou em primeira mão no início do mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.