"Madame Satã" vence festival na Espanha

O cinema brasileiro foi o grande vencedor da 28.ª edição do Festival de Cinema Iberoamericano de Huelva, na Espanha. Madame Satã, de Karim Ainouz, cineasta brasileiro de origem argelina, conquistou o Colón de Ouro, prêmio máximo do festival. Suzana Amaral ficou com o Colón de Prata pela direção de Uma Vida em Segredo e com o Prêmio Especial dos Jurados. O prêmio do público foi para o longa-metragem espanhol Una Pasión Singular (Uma Paixão Singular), de Antonio Gonzalo.O longa-metragem brasileiro Madame Satã rendeu ainda o prêmio de melhor ator a Lazaro Ramos, protagonista do filme e de melhor fotografia a Walter Carvalho. Sabina Greve conquistou o prêmio de melhor atriz por Uma Vida em Segredo, adaptação para o cinema da obra do romancista Autran Dourado.Os prêmios serão entregues esta noite, após a divulgação da decisão do júri presidido pelo escritor nicaragüense Sergio Ramírez e composto pela atriz espanhola Aitana Sánchez-Gijón, pelo roteirista espanhol Santigo Tabernero, pelo cubano Senel Paz, entre outros.Clique aqui e confira a relação dos premiados

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.