MacGregor foi cotado antes de Craig para novo James Bond

O protagonista de Cassino Royale, o mais novo filme da série James Bond, a principio seria interpretado pelo escocês Ewan MacGregor, mas depois de sua recusa, os produtores ofereceram o papel ao inglês Daniel Craig. Segundo publicou o tablóide Daily Mirror, Craig só ficou com o papel porque MacGregor teria se recusado a atuar na continuação da série. Um dos produtores do filme, Martin Campbell, admitiu que o ator de Guerra nas Estrelas era a opção favorita para interpretar Bond, mas o escocês recusou a oferta porque não queria ficar "vinculado demais" ao clássico de espionagem. Segundo Campbell, os produtores de Cassino Royale queriam que MacGregor substituísse o ator Pierce Brosnan como o agente 007. "No entanto, creio que ele (Ewan MacGregor) obteve outro trabalho ou decidiu não interpretá-lo", afirmou. Campbell se mostrou "pouco convencido" de que Craig, de 38 anos, seja tão bom como seus predecessores no papel do espião britânico. As declarações do produtor se somam às críticas dos fãs e seguidores do agente secreto, que viram com desagrado a escolha de Craig para o papel do protagonista. Os críticos o qualificaram de "brando demais" depois que o ator britânico admitiu ter medo de voar, apontar uma arma e atuar em cenas de briga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.