David Lee
David Lee

'Logan', 'Um Limite Entre Nós' e 'Waiting for B.' são as estreias da semana

Veja a opinião do crítico do 'Caderno 2' e confira os trailers dos filmes

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

02 Março 2017 | 14h29

Embora Logan, a nova e definitiva aventura de Wolverine, seja a grande aposta de público da semana, o efeito Oscar deve beneficiar Um Limite entre Nós. E ainda em relação ao prêmio da Academia, o documentário (brasileiro) Waiting for B. dialoga muito bem com Moonlight, que acaba de vencer o Oscar. Como? Veja e você vai descobrir rapidinho.

Um Limite Entre Nós

(Fences, Estados Unidos/2016, 139 min.) - Drama. Dir. Denzel Washington. Com Denzel Washington, Viola Davis, Brandon Jyrome Jones.

Viola Davis ganhou o Oscar de coadjuvante repetindo o papel que já lhe valera o Tony, o Oscar do teatro dos EUA. Neste ano de Oscar so Black, a adaptação da peça de August Wilson obteve tanta repercussão que virou um dos filmes emblemáticos dessa edição do prêmio da Academia. É a história de uma família negra e pobre. O pai queria ser jogador de beisebol, terminou coletor de lixo. E agora o filho também quer seguir carreira no esporte. O ator e diretor Denzel Washington, que fez dupla com Viola também no palco, nem precisou atualizar a trama, que se passa nos anos 1950 para dar conta da discriminação que ainda sofrem os negros, e não apenas na América. Só para lembrar, há 56 anpos, o jovem Sidney Poitier estrelou A Raisin in the Sun, O Sol Tornará a Brilhar, sobre outra família negra que, no alvorecer da luta por direitos, se questiona sobre seu papel no mundo. Os críticos dizem que é teatro filmado. Pode até ser, mas isso não invalida o que o filme tem de verdadeiro, e pungente. 14 anos. 

Anália Franco, Bourbon - Espaço Itaú Pompeia, Cidade Jardim, Cinearte, Frei Caneca - Espaço Itaú, Iguatemi, JK Iguatemi, Kinoplex Itaim, Kinoplex Vila Olímpia, Metrô Santa Cruz, Morumbi Town, Pátio Paulista, Reserva Cultural.

Logan

(Estados Unidos/2017, 137 min.) - Ação. Dir. James Mangold. Com Hugh Jackman, Patrick Stewart, Dafne Keen.

Depois de Wolverine Imortal, o diretor Mangold retoma a saga do mutante, que sobrevive como motorista de limosine e cuidando do velho (e alquebrado) Professor Xavier. Surge essa menina com poderes especiais, e atrás dela uma corja de vilões. De alguma forma, Mangold quis filmar o reverso do herói, e para isso se vale, inclusive, de referências a um clássico do western - Os Brutos Também Amam/Shane, de George Stevens, com Alan Ladd, de 1953. A menina é filha de Logan? Mesmo que não fosse, forma-se a famíla substituta. Uma família real - de negros - enriquece a espessura dramática e o filme não é ruim. O problema é que tenta conciliar drama pesado com as gracinhas típicas de blockbusters. 10 anos. 

DUBLADO: Anália Franco, Anália Franco (Imax), Boavista, Boulevard Tatuapé, Bourbon - Espaço Itaú Pompeia, Center Norte, Central Plaza, Eldorado, Interlagos, Interlar Aricanduva, Itaim Paulista, Jardim Sul, Lapa, Lar Center, Mais Shopping Largo 13, Marabá, Metrô Itaquera, Metrô Santa Cruz, Metrô Tatuapé, Metrô Tucuruvi, Mooca Plaza, Morumbi Town, Penha, Plaza Sul, Raposo Shopping, Santana Parque, Shopping D, SP Market, Tietê Plaza, West Plaza. LEGENDADO: Anália Franco, Anália Franco (Imax), Boulevard Tatuapé, Bourbon - Espaço Itaú Pompeia, Bourbon - Espaço Itaú Pompeia (Imax), Bristol, Cidade Jardim, Cidade São Paulo, Eldorado, Frei Caneca - Espaço Itaú, Iguatemi, Jardim Sul, JK Iguatemi, JK Iguatemi (4DX), JK Iguatemi (Imax), Kinoplex Itaim, Kinoplex Vila Olímpia, Lar Center, Market Place, Metrô Santa Cruz, Metrô Tucuruvi, Mooca Plaza, Morumbi Town, Pátio Higienópolis, Pátio Paulista, Plaza Sul, Santana Parque, Shopping D, Splendor Paulista, Villa Lobos.

Waiting for B.

(Brasil/2015, 71 min.) - Documentário. Dir. Paulo Cesar Toledo, Abigail Spindel.

A história de garotos, a maioria gays, que acamparam durante dois meses em frente ao estádio em que Beyoncé faria seu show em São Paulo, em 2013. Para eles, ela não é só uma estrela, mas alguém que, por seu carisma e personalidade, os inspira a lutar contra o preconceito, pelo direito de ser o que são. Parece que não tem nada a ver, mas dialoga muito bem com Moonlight - Sob a Luz do Luar, que venceu o Oscar (so Black). 12 anos. 

Caixa Belas Artes, Espaço Itaú Augusta.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.