Locadoras cortam cenas picantes

Uma rede de locadoras devídeos está oferecendo versões "limpas" de vários filmes,incluindo clássicos, dos quais são cortadas cenas violentas,eróticas, de nudismo e até mesmo as que contêm palavrões. Trata-se de uma iniciativa da rede Clean Flicks, quecausou surpresa pelo êxito de seus filmes "limpos", cujoaluguel custa entre US$ 12 e US$ 15 - quase o dobro do alugueldas fitas em sua edição normal. Pode-se imaginar o filme Instinto Selvagem semSharon Stone cruzando sedutoramente as pernas durante ointerrogatório, ou O Gladiador sem uma gota de sangue e compoucos combates, advertiu um crítico de espetáculos. O catálogo da Clean Flicks é composto por cerca de500 títulos, e a rede tem mais de 60 sucursais no oeste dos EUA,embora seu objetivo seja o de estar presente nos 50 estados dopaís até o final do ano, afirmou um porta-voz da empresa. Vários órgãos da imprensa criticaram a medida afirmandoque se trata de um desrespeito à propriedade intelectual, já queo filme "limpo" é diferente do original. A Clean Flicks rejeita a palavra "censura" esustenta que os clientes podem alugar os filmes em suaversão original, se preferirem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.