Divulgação
Divulgação

Livraria que inspirou 'Um Lugar Chamado Notting Hill' fecha após 32 anos

Roteirista teve ideia para comédia romântica com Julia Roberts e Hugh Grant ao visitar o local

EFE

22 de agosto de 2011 | 17h18

LONDRES (EFE) - A livraria que inspirou o popular filme Um Lugar Chamado Notting Hill fechará após 32 anos, apesar de ter se transformado em uma grande atração turística da capital britânica.

 

The Travel Bookshop se transformou em um lugar de peregrinação para fãs do filme, que arrecadou mais de 253 milhões de euros em bilheteria e vendas de DVDs no mundo todo.

 

A comédia romântica conta a inesperada história de amor entre uma famosa atriz, interpretada por Julia Roberts, e o livreiro londrino William Thacker, vivido por Hugh Grant.

 

Embora o filme não tenha utilizado o local, que deve fechar as portas em duas semanas, The Travel Bookshop serviu de inspiração para seu roteirista.

 

Ao contrário das dezenas de livrarias locais, que foram obrigadas a fechar após o sucesso das vendas online e da concorrência das grandes cadeias, o estabelecimento decidiu fechar as portas porque o filho do proprietário, que há 25 anos reside na França, não quis dar continuidade ao negócio.

Tudo o que sabemos sobre:
Notting HilHugh GrantJulia Roberts

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.