'Lindsay tem medo mas está resoluta', diz advogada

Atriz de 24 anos, a protagonista de 'Meninas Malvadas' cumpre sentença de 90 dias de prisão

20 de julho de 2010 | 15h54

BEVERLY HILLS, EUA - Lindsay Lohan começou a cumprir a sentença de 90 dias de prisão em uma cadeia de mulheres em Los Angeles, nesta terça, 20. A atriz norte-americana que no começo da carreira parecia uma promessa de Hollywood e depois passou a viver às voltas com as drogas e a Justiça.

 

Após uma breve audiência diante da juíza Marsha Revel, que confirmou a sentença de 90 dias de prisão por violar sua liberdade condicional no processo em que está envolvida desde 2007, por dirigir embriagada, Lindsay foi algemada, subiu em um automóvel da polícia e foi levada para a prisão de mulheres Lynwood, ao sul de Los Angeles, seguida por câmeras de televisão em helicópteros.

 

Vestida com um jeans, uma jaqueta de couro preta e uma camiseta, Lindsay se apresentou por volta das 13h. Sua pena poderá ter redução de 25%, benefício concedido a delitos menores.

 

 

 

Cerca de 24 horas depois de ser libertada, e não mais 48 horas, como havia definido antes, a juíza Revel determinou que a atriz ingresse em um centro de reabilitação contra drogas por mais 90 dias. A juíza insistiu muito no cumprimento desta fase da pena. Revel também ordenou às autoridades que não permitam que a atriz cumpra nenhuma parte de sua sentença sob prisão domiciliar ou com permissão de trabalho.

 

A atriz chegou em uma caminhonete preta com vidros escuros, seguida por outro veículo e entrou na corte sem fazer declarações, ao lado de sua advogada Shawn Chapman Holley. Estava também acompanhada pela sua mãe Dina, e a irmã mais nova, Ali, que chorou ao vê-la sendo levada. "Te amamos, Lindsay", disse o pai da protagonista de Meninas Malvadas (2004), Michael Lohan, que chegou ao tribunal pouco antes da filha, acompanhado de outra advogada.

 

Shawn Holley voltou a assumir o caso na última hora. Na semana passada ela anunciou sua renúncia, mas não havia comunicado oficialmente à corte. Na quinta, o advogado Robert Shapiro disse que defenderia a atriz, mas desistiu do caso ontem, inesperadamente. Shapiro foi o maior responsável pela absolvição de J.O. Simpson da acusação de matar a ex-mulher e um amigo, caso no qual também atuou a advogada de Lindsay.

 

"Ela aceitou a responsabilidade", disse Holley sobre sua cliente. "Ela tem medo como qualquer outra pessoa teria, mas está resoluta e está cumprindo seu dever", concluiu sua advogada.

 

Já a promotora Danette Meyers disse que Lindsay tinha recebido uma sentença apropriada. Ela disse que o caso é atípico pela atenção que desperta, mas que dirigir embriagada é uma ofensa séria e com consequências. "Alguém poderia ter morrido", disse Dannette.

 

Dezenas de jornalistas americanos e estrangeiros, paparazzi e cinco helicópteros esperaram a chegada da jovem de 24 anos à corte, além de fãs e turistas que passeavam por ali e fotografavam a cena com seus celulares.

 

Lindsay Lohan, no centro, com a mãe Dina Lohan e a advogada Shawn Chapman Holley.

 

A atriz de Herbie - Meu Fusca Turbinado e A Última Noite de Robert Altman, era uma jovem estrela do canal Disney e desde 2005, quando começou a ter mais oportunidades no cinema, tem tido vários problemas judiciais e esporádicas estadias em centros de reabilitação, o que impediu seu progresso no mundo do espetáculo, quando era considerada uma jovem promessa.

 

Em 2007, Lindsay foi detida por 84 minutos nesta mesma prisão para onde foi hoje. Ela deveria passar um dia na cadeia, mas foi liberada por falta de espaço. Depois, no tribunal, ela se declarou culpada por consumir cocaína e dirigir embriagada e foi sentenciada há três anos de liberdade condicional. Esta sentença teve de ser ampliada para mais um ano para dar mais tempo à atriz de terminar seus cursos sobre os perigos do álcool. Em dezembro, a juíza Revel ordenou também que ela assistisse aulas semanais de reabilitação. Mas Lindsay não terminou as aulas como deveria e faltou a uma audiência em maio, o que fez com que fosse enviada de volta à prisão, a mesma que abrigou outras celebridades como Paris Hilton, Nicole Richie, Michelle Rodríguez, Khloe Kardashian.

 

A estrela de terá de usar o uniforme laranja do presídio, receberá um kit básico: escova e pasta de dentes, sabonete, desodorante, xampu. Paris Hilton também recebeu o seu para ficar ali 23 dias em 2007, acusada de dirigir com imprudência. Lindsay receberá sua comida na cela e poderá sair do espaço de 3,6 por 2,4 metros por pelo menos uma hora por dia. Com apenas um telefone público à sua disposição, a frequente usuária do Twitter provavelmente não poderá alimentar sua rede no microblog durante a prisão. Os telefones celulares e computadores não são permitidos ali dentro.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Lindsay Lohan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.