Divulgação/Departamento de Polícia de Los Angeles
Divulgação/Departamento de Polícia de Los Angeles

Lindsay Lohan passará apenas 14 dias na prisão

Atriz de 'Meninas Malvadas' teve pena encurtada, mas depois passará 90 dias em centro de reabilitação

21 de julho de 2010 | 13h58

LOS ANGELES -  A atriz Lindsay Lohan, que deu entrada na prisão de mulheres de Los Angeles na terça, 20, ficará presa 14 dos 90 dias estipulados em sua condenação, disse a polícia. A jovem norte-americana de 24 anos, havia sido condenada a 90 dias de prisão por um tribunal de Beverly Hills, mas o comissário do condado de Los Angeles reduziu a pena, como ocorre normalmente em casos de delitos menores pelas leis do Estado da Califórnia. Assim, Lindsay poderá sair do presídio de Linwood em 2 de agosto, disse Steve Whitmore, porta-voz   A estadia de Lindsay pode ser menor do que o esperado, mas as consequências para sua carreira serão muito maiores. O breve período em que passar na cadeia onde já estiveram celebridades como Paris Hilton e Michelle Rodríguez é só uma parte da pena para reabilitar a estrela.

 

Assim que a atriz for libertada no início de agosto terá de se apresentar às autoridades em 24 horas e passar três meses internada em um centro de reabilitação. Essa parte da sentença não poderá contar com o benefício do encurtamento da pena por bom comportamento.

 

Assim, a protagonista de Meninas Malvadas e não poderá filmar uma biografia sobre a estrela pornô Linda Lovelace até o final do ano. Tampouco poderá promover o novo filme de Robert Rodríguez, Machete, em que faz o papel de uma monja e que marca sua volta às telas em setembro.

 

Tempo perdido para a atriz que foi vista como uma grande promessa de Hollywood no início de sua carreira. A pergunta agora é, será que depois disso tudo Lindsay dará um novo impulso em sua carreira como fez Michelle Rodríguez, que logo depois que saiu da prisão teve um papel importante no blockbuster Avatar e também atua em Machete?

 

A carreira da atriz estancou em 2007, quando foi detida por 84 minutos nesta mesma prisão onde está encarcerada. Ela deveria passar um dia na cadeia, mas foi liberada por falta de espaço. Depois, no tribunal, ela se declarou culpada por consumir cocaína e dirigir embriagada e foi sentenciada há três anos de liberdade condicional. Esta sentença teve de ser ampliada para mais um ano para dar mais tempo à atriz de terminar seus cursos sobre os perigos do álcool. Em dezembro, a juíza Revel ordenou também que ela assistisse aulas semanais de reabilitação. Mas Lindsay não terminou as aulas como deveria e faltou a uma audiência em maio, o que fez com que fosse enviada de volta à prisão. (Com France Press e Associated Press)

Tudo o que sabemos sobre:
Lindsay Lohan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.