David McNew/AP
David McNew/AP

Lindsay Lohan enfrenta audiência por dirigir embriagada

A atriz apareceu na Corte meia hora antes do início da audiência, prevista para às 8h30 local

06 de julho de 2010 | 15h00

Los Angeles (EFE)- A atriz Lindsay Lohan enfrenta uma audiência judicial em Beverly Hills relacionada com as acusações que recebeu em 2007 por dirigir embriagada, nesta terça, 6. A atriz apareceu na Corte 30 minutos antes da audiência, prevista para às 8h30 local, começar.

 

No dia 8 de junho a juíza Marsha Revel ordenou a detenção da atriz por violar os termos de sua liberdade condicional e lhe impôs uma fiança de US$ 200 mil.

 

Revel se reuniu com os advogados de Lindsay depois que a pulseira que a atriz usava no tornozelo há semanas detectou possíveis indícios de consumo de álcool, algo proibido pela juíza em uma audiência anterior.

 

A pulseira, segundo a imprensa local, foi ativada durante a cerimônia do MTV Movie Awards, no dia 7 de junho. No entanto, a juíza não especificou de que forma Lindsay violou sua liberdade condicional.

 

No final de maio, Revel emitiu outra ordem de prisão contra a atriz.

 

A juíza ordenou então que a jovem se submetesse a controles aleatórios de drogas uma vez por semana para evitar a prisão.

 

Revel tomou essa decisão depois que Lindsay não compareceu a uma audiência para revisar seu caso por dirigir alcoolizada em 2007, com a desculpa de estar no festival de cinema de Cannes, na França, e que alguém tinha roubado o seu passaporte.

Mais conteúdo sobre:
Lindsay Lohan

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.