"L´Esquive ganha o César de melhor filme francês

L´Esquive, do cineasta francês de origem tunisiana Abdellatif Kechiche, ganhou neste sábado o César - o Oscar do cinema francês - de melhor filme, tornando-se o grande vencedor da noite, com quatro estatuetas. Abdellatif Kechiche já havia recebido o César como melhor diretor, das mãos do cineasta espanhol Pedro Almodóvar. Kerchiche agradeceu o prêmio citando um provérbio em árabe e em francês e se tornou a primeira surpresa da noite, já que os principais favoritos eram Jean Jean-Pierre Jeunet, por Un Long Dimanche de Fiancailles e Christophe Barratier, por Les Choristes. L´Esquive conta sobre a vida em um bairro das cercanias d Paris, no qual um jovem imigrante cujo pai está preso sonha em fugir com sua mãe em um veleiro. Além do César de melhor diretor, o filme ganhou os prêmios de melhor atriz debutante e melhor roteiro, convertendo-se na surpresa da noite.Yolande Moreau o César de melhor atriz do cinema francês por sua interpretação em Quand la Mer Monte, filme que co-dirigiu com Gilles Porte. Moreau derrotou Emmanuelle Devos (Rois et Reine), Audrey Tautou (Eterno Amor), Karin Viard (Le Rôle de sa Vie) e Maggie Cheung (Clean). É o segundo César do longa, uma produção independente que também levou a estatueta de melhor filme de estréia.

Agencia Estado,

26 de fevereiro de 2005 | 19h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.