Leonardo DiCaprio defende ecologia em 'A Última Hora'

Filme traça um impressionante painel sobre o atual estado de risco ambiental do planeta

Neusa Barbosa, da Reuters,

07 de novembro de 2029 | 10h58

O ator Leonardo DiCaprio juntou-se ao time do ex-vice-presidente e vencedor do prêmio Nobel da Paz Al Gore, empenhando seu prestígio a serviço da causa ambiental no documentário A Última Hora. O filme entra em circuito nacional nesta sexta-feira, 30.  Veja também:Trailer de 'A Última Hora'Produzido e narrado por DiCaprio e conduzido por duas diretoras, Nadia Conners e Leila Conners Petersen, o filme traça um impressionante painel sobre o atual estado de risco ambiental do planeta. Assim, entrevista uma grande quantidade de cientistas, especialistas e diretores de ONGs que fazem análises e apontam soluções economicamente viáveis e ambientalmente sustentáveis para que a terra controle seus dramáticos problemas de poluição, superpopulação e aquecimento global. Como em Uma Verdade Inconveniente, estrelado por Al Gore e ganhador de dois Oscar, em A Última Hora cientistas como Stephen Hawkins e David Suzuki, entre muitos outros, provam que um outro modelo de desenvolvimento mundial é não só possível, como urgente. Mesmo porque, lembram eles, a espécie humana corre realmente o risco de desaparecer em um futuro próximo se nada for feito agora.

Tudo o que sabemos sobre:
A Última HoraLeonardo DiCaprio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.