Leonardo Di Caprio recebe convite para viver clone de Lênin

Blogs apontam semelhanças entre ator e líder revolucionário; filme em produção se chamará 'Cérebro de Lênin'

Ansa,

08 de agosto de 2004 | 11h38

Após se revelar um sósia quase perfeito de Lênin, o fundador da União Soviética, o ator norte-americano Leonardo Di Caprio foi convidado para atuar em uma comédia russa sobre um clone do líder revolucionário.   Diversos blogs russos compararam fotografias do "pai da URSS" e do ator de Hollywood em vários momentos da vida, na infância na adolescência e na idade adulta. Algumas pessoas até brincaram a respeito das inúmeras viagens de Lênin à Itália - Di Caprio é de origem italiana - e sobre a hipótese dele ter deixado algum descendente por lá.   O filme em produção, com um orçamento altíssimo para os padrões russos - US$20 milhões -, será intitulado O Cérebro de Lênin, e terá a seguinte trama: do DNA das células do cérebro de Lênin, conservado na Academia de Ciências de Moscou, é realizado um clone do líder revolucionário deixado aos cuidados de um casal que emigra para os Estados Unidos. O pequeno Lênin demonstra possuir uma grande vocação revolucionária e em 2024 acaba triunfando com uma revolução socialista em Washington.   A diretora do Festival Internacional de Cinema de Moscou, Natalia Siomina, sustenta que a semelhança entre Di Caprio e Lênin "parece genética. Por outro lado o ator tem raízes eslavas por parte de mãe".   Já segundo o roteirista do filme, Aleksandr Borodyansky, Di Caprio "poderia interpretar Lênin até mesmo sem maquiagem".

Tudo o que sabemos sobre:
Leonardo Di CaprioLênin

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.