"Lavoura Arcaica" ganha quatro prêmios em Havana

O filme Lavoura Arcaica recebeu quatro prêmios Coral no 23º Festival do Novo Cinema Latino-Americano de Havana: prêmio especial do júri, melhor ator para Selton Mello, melhor música para Marco Antonio Guimarães e melhor fotografia para Walter Carvalho. O cinema brasileiro também recebeu o prêmio de melhor animação, com o filme Roubada, de Maurício Vidal, Renan de Moraes e Sergio Yamasaki.O cinema argentino foi, no entanto, o grande vencedor do festival, com sete prêmios. La Ciénaga, da argentina Lucrecia Martel, foi escolhido melhor filme do festival. Em segundo ficou o filme mexicano postulante ao Oscar de filme estrangeiro Perfume de Violetas, de Maryse Sistach, e, em terceiro, o chileno Taxi para Tres, de Orlando Lubbert. La Ciénaga também recebeu o troféu Coral nas categorias de melhor direção, melhor atriz (Graciela Borges) e melhor som.Este ano, o Festival de Havana recebeu 114 filmes para a mostra competitiva. Integraram o júri, entre outras figuras conhecidas da intelectualidade latino-americana, o escritor uruguaio Eduardo Galeano, o diretor cinematográfico espanhol Manuel Pérez Estremera e o cantor cubano Silvio Rodriguez.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.