Ladrão do Oscar 2000 pega seis anos de cadeia

O caminhoneiro que roubou 58 estatuetas do Oscar 2000, pouco antes da cerimônia de entrega, foi condenado a seis anos de prisão. Deverá pagar também US$ 1,05 mil pelo custo das três últimas estatuetas que ainda não foram encontradas. Além da pena, Lawrence E. Ledent foi multado em US$ 50 mil, dinheiro equivalente ao que recompensou Willie Fulger, que encontrou a maioria das peças. Transformado instantaneamente em herói, Fulger foi convidado a participar da cerimônia de entrega das estatuetas, mas não pôde aproveitar toda a recompensa: ladrões invadiram sua casa e levaram o dinheiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.