Dale Robinette - Lionsgate/Washington Post
Dale Robinette - Lionsgate/Washington Post

'La La Land: Cantando Estações' busca no Globo de Ouro seu impulso definitivo

A 74ª edição da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, que homenageia a atriz Meryl Streep, pode consagrar o musical de Damien Chazelle

EFE, O Estado de S.Paulo

08 Janeiro 2017 | 20h54

Após receber vários elogios por parte da crítica e do público, o musical La La Land: Cantando Estações se apresentará neste domingo no Globo de Ouro como o principal favorito, com sete indicações, e disposto a conseguir o impulso definitivo frente à temporada de prêmios do cinema que está apenas começando.

A 74ª edição da premiação organizada pela Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA, sigla em inglês) terá o humorista Jimmy Fallon como mestre de cerimônias e acontecerá neste domingo, no hotel Beverly Hilton, em Los Angeles, a partir das 17h locais (22h de Brasília).

A magia e o encantamento de La La Land: Cantando Estações, que remonta à era de ouro dos musicais de Hollywood, tentará superar Moonlight e Manchester à Beira-Mar, que contam com seis e cinco candidaturas, respectivamente.

O prêmio ao melhor filme dramático será decidido entre Até o Último Homem, A Qualquer Custo, Lion, Manchester à Beira-Mar e Moonlight, enquanto o prêmio ao melhor longa de comédia ou musical ficará entre La La Land: Cantando Estações, Deadpool, 20th Century Women, Sing Street e Florence: Quem é Essa Mulher?.

Casey Affleck (Manchester à Beira-Mar), Joel Edgerton (Loving), Andrew Garfield (Até o Último Homem), Viggo Mortensen (Capitão Fantástico) e Denzel Washington (Cercas) disputarão o prêmio de melhor ator dramático, enquanto na categoria feminina as indicadas são Amy Adams (A Chegada), Jessica Chastain (Miss Sloane), Isabelle Huppert (Elle), Ruth Negga (Loving) e Natalie Portman (Jackie).

Quanto aos intérpretes de comédia ou musical, os indicados são Colin Farrell (O Lagosta), Ryan Gosling (La La Land: Cantando Estações), Hugh Grant (Florence: Quem é Essa Mulher?), Jonah Hill (Cães de Guerra) e Ryan Reynolds (Deadpool).

Já entre as mulheres a disputa será entre Annette Bening (20th Century Women), Lily Collins (Rules Don't Apply), Hailee Steinfeld (Quase 18), Emma Stone (La La Land: Cantando Estações) e Meryl Streep (Florence: Quem é Essa Mulher?).

Mel Gibson (Até o Último Homem), Tom Ford (Animais Noturnos), Barry Jenkins (Moonlight), Kenneth Lonergan (Manchester à Beira-Mar) e Damien Chazelle (La La Land: Cantando Estações) concorrerão pelo Globo de Ouro de melhor diretor.

O cineasta chileno Pablo Larraín defenderá a obra Neruda para obter o prêmio de melhor filme estrangeiro, ao qual também concorrem Divines (França), Elle (França), O Apartamento (coprodução entre França e o Irã) e Toni Erdmann (Alemanha).

Quanto aos prêmios de televisão, a minissérie The People v. O.J. Simpson parte com vantagem graças a suas cinco indicações, seguida de perto por The Night Manager, com quatro.

Game of Thrones, The Crown, Westworld, Stranger Things e This Is Us disputarão o prêmio de melhor série dramática, enquanto as candidatas de melhor comédia ou musical são Atlanta, Black-ish, Mozart in the Jungle, Transparent e Veep.

O prêmio de melhor ator de drama ficará entre Rami Malek (Mr. Robot), Bob Odenkirk (Better Call Saul), Matthew Rhys (The Americans), Liev Schreiber (Ray Donovan) e Billy Bob Thornton (Goliath).

Em relação às atrizes dramáticas, as indicadas são Caitriona Balfe (Outlander), Claire Foy (The Crown), Keri Russell (The Americans), Winona Ryder (Stranger Things) e Evan Rachel Wood (Westworld).

O mexicano Gael García Bernal tentará repetir o prêmio de melhor ator em uma série de comédia ou musical que obteve no ano passado por Mozart in the Jungle.

Seus oponentes serão Anthony Anderson (Black-ish), Donald Glover (Atlanta), Nick Nolte (Graves) e Jeffrey Tambor (Transparent).

Além disso, a latina Gina Rodríguez concorrerá ao Globo de Ouro de melhor atriz de comédia por Jane the Virgin, ao lado de Rachel Bloom (Crazy ex-Girlfriend), Julia Louis-Dreyfus (Veep), Sarah Jessica Parker (Divorce), Issa Rae (Insecure) e Tracee Ellis Ross (Black-ish).

Já para o prêmio de melhor minissérie ou filme para televisão, os indicados são American Crime, O Fiel Camareiro, The Night Manager, The Night Of e The People v. O.J. Simpson.

Por último, a atriz Meryl Streep receberá o prêmio Cecil B. Demille em reconhecimento por sua trajetória profissional.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.