'La Gran Familia Española', de Sánchez Arébalo, é favorito para prêmio Goya

"La Gran Familia Española", de Daniel Sánchez Arévalo, liderou a lista de indicações aos prêmios Goya do cinema espanhol, entre elas a de melhor filme e melhor direção, anunciou a Academia de Cinema de Madri nesta terça-feira.

Reuters

07 de janeiro de 2014 | 17h41

Sánchez Arévalo, que já ganhou o Goya de melhor novo diretor em 2007 por "AzulOscuroCasiNegro", recebe sua primeira indicação ao prêmio de melhor diretor e seu filme é favorito para as principais premiações.

O segundo filme com mais indicações na 28ª edição da premiação é "Las Brujas de Zugarramurdi", do veterano Álex de la Iglesia, com 10 indicações, mas não concorrerá em nenhum dos prêmios principais.

Os concorrentes mais conhecidos de Sánchez Arévalo são Manuel Martín Cuenca, por "Caníbal", com oito indicações, Gracia Querejeta, por "Quince Años y Un Día", com sete, e David Trueba, por "Vivir es Fácil con los Ojos Cerrados", também com sete.

O diretor de "La Herida", Fernando Franco, é favorito para o prêmio de melhor novo diretor. A montagem recebeu seis indicações, incluindo de melhor filme, melhor roteiro e melhor atriz para a protagonista, Marián Álvarez.

Ela concorrerá ao Goya de melhor atriz com Inma Cuesta, por "3 Bodas de Más", Aura Garrido, por "Stockhom", e Nora Navas, por "Todos Queremos lo Mejor para Ella".

Como em 2012, o ganhador de um Goya Antonio de la Torre voltará a disputar em duas categorias e nesta edição ele concorrerá ao Goya de melhor ator, por "Caníbal", e de melhor ator coadjuvante, por "La Gran Familia Española".

A cerimônia dos prêmios Goya será em 9 de fevereiro no auditório príncipe Felipe, em Madri.

Tudo o que sabemos sobre:
FILMEGOYAPREMIOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.