Keanu Reeves reclama de corte em cena "caliente"

Keanu Reeves não está nem um pouco feliz com a decisão do estúdio Warner Bros. de cortar uma cena "caliente" entre ele e a atriz Charlize Theron em Sweet November. O estúdio passou a tesoura em uma cena em que os dois estão nus em uma banheira para que o filme pudesse receber uma censura de 13 anos. Na produção, ele faz o papel de um executivo workaholic de uma agência de publicidade que tem sua vida mudada por uma mulher sensual. "É OK se você pode ver apenas as nossas cabeças para fora da água, mas os seios que a gente mama quando crianças recebem uma classificação R (menores de 17 anos têm de estar acompanhados de um adulto), assim como a intimidade entre duas pessoas", disse ele em entrevista para a revista Vanity Fair. "É ridículo!" O filme estréia em fevereiro nos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.