Divulgação
Divulgação

Justiça americana vai ouvir recurso sobre 'Touro Indomável'

Filha do autor do filme, morto em 1981, acusa distribuidora de violar seus direitos

AP

01 de outubro de 2013 | 15h54

A Suprema Corte dos Estados Unidos vai ouvir um recurso sobre os direitos de Touro Indomável (Raging Bull, 1980), o aclamado filme sobre a vida do boxeador Jake LaMotta.

A alta corte aceitou nesta terça-feira, 1.º, ouvir o recurso de Paula Petrella, a filha do autor do filme, Frank Petrella. O autor faleceu em 1981, revertendo os direitos para sua filha. Ela processou a Metro-Goldwyn-Mayer, Inc. por violação de direitos autorais por criar e distribuir cópias do filme, mas a 9.ª Corte de Recursos dos EUA alega que ela esperou tempo demais para entrar com a ação.

A Suprema Corte vai rever essa decisão.

Frank Petrella colaborou com o seu amigo LaMotta em dois roteiros e num livro. Eles foram usados para fazer o filme dirigido por Martin Scorsese e estrelado por Robert DeNiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.