Julia Roberts anda no tapete vermelho de Cannes descalça em protesto

Ato ocorreu um ano depois que várias mulheres foram impedidas de entrar em uma premiere do Festival por não estarem de salto alto

AP

15 de maio de 2016 | 18h51

CANNES - Julia Roberts subiu os degraus do famoso tapete vermelho do Festival de Cinema de Cannes descalça, um ano depois que várias mulheres foram impedidas de entrar em uma premiere do Festival por não estarem de salto alto.

Na estreia de Jogo do Dinheiro, de Jodie Foster, na quinta-feira, 12, Roberts foi sem sapatos para os degraus no final do tapete de Cannes. Ela descalçou os sapatos, segurou seu vestido e subiu a escada.

O protocolo no tapete vermelho de Cannes é extremamente rígido. No ano passado, várias pessoas tiveram a entrada negada por usar sapatos sem salto, e a repercussão foi grande. O festival disse que era um erro dos guardas e que tal política de vestimenta para saltos altos não existe.

A revista francesa L'Express aplaudiu o ato como um "verdadeiro ato de militância feminista".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.