Julia e Ellen, as favoritas ao Oscar 2001

A categoria de melhor atriz na edição 2001 do Oscar é uma das mais variadas da premiação. O perfil das concorrentes poucas vezes esteve tão distinto: Julia Roberts (Erin Brockovich - Uma Mulher de Talento), Juliette Binoche (Chocolate), Joan Allen (The Contender), Ellen Burstyn (Requiem for a Dream) e Laura Linney (You Can Count On Me). Em um ano de poucos grandes filmes, a diversificação e qualidade das atuações deve fazer da categoria uma das mais aguardadas no dia 25 de março.A verdadeira disputa, no entanto, deve acontecer entre Julia Roberts e Ellen Burstyn. A torcida por Roberts é grande. A atriz que concorreu em 1991 por Uma Linda Mulher (depois de ter disputado a vaga de coadjuvante em 1990, por Magnólias de Aço), está bem cotada. A atenção que a produção vem ganhando (Erin Brockovich está indicado a melhor filme, e Steven Soderbergh, a melhor diretor) deve impulsionar o nome de Roberts entre os membros da Academia, que têm a chance de finalmente reconhecer o talento da atriz mais poderosa de Hollywood atualmente.Mas em termos de qualidade de atuação, ninguém supera Ellen Burstyn. A atriz de 68 anos ganhou um Oscar em 1975 por Alice Não Mora Mais Aqui e ficou conhecida por seu trabalho em O Exorcista. Em Requiem For a Dream ela dá um show de interpretação, como a viúva Sarah Goldfarb, que vai ficando viciada em remédios para emagrecer ao longo do filme.Joan Allen também está bem como a senadora que é indicada para a vice-presidência dos Estados Unidos em The Contender. Mas seu prêmio parece ter sido a própria indicação: dificilmente ela deve levar a estatueta. Juliette Binoche e Laura Linney também só devem sair da cerimônia com o Oscar em caso de zebra, embora mais uma vez confirmem seu talento.

Agencia Estado,

23 de fevereiro de 2001 | 13h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.