Evelyn Hockstein/Piscina/AFP
Evelyn Hockstein/Piscina/AFP

Juíza nega arquivamento do processo de Johnny Depp contra Amber Heard

A atriz deve prestar depoimento ainda nesta semana no caso e difamação

Redação, AFP

04 de maio de 2022 | 09h00

A juíza americana que instrui o processo por difamação movido pelo astro de Piratas do Caribe, Johnny Depp, contra a ex-mulher, a atriz Amber Heard, negou nesta terça-feira, 3, um pedido da defesa para arquivar o caso.

A defesa de Amber havia pedido à juíza Penney Azcarate que arquivasse o processo, após os advogados de Depp manterem o caso ao longo de três semanas de depoimentos em um tribunal do condado de Fairfax, Virgínia. Eles argumentaram que Depp não conseguiu provar que foi difamado em um artigo da atriz publicado no The Washington Post em 2018.

A juíza declarou que as evidências apresentadas são suficientes para permitir que o caso prossiga. Amber Heard deve depor nesta semana. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.