Judeus americanos pedem boicote a Cannes

A comunidade judaica nos Estados Unidos lançou hoje um pedido de boicote ao Festival de Cannes, em resposta aos atos anti-semitas realizados na França nas últimas semanas. A iniciativa partiu do Congresso Judaico Americano e foi direcionada aos membros da comunidade em Hollywood.O pedido foi reproduzido em anúncios de jornais de Los Angeles e em correntes de e-mail, que relembravam a perseguição a judeus na França ocupada pelos nazistas. Mas em Hollywood, representantes da comunidade judaica afirmaram que o boicote ao festival não é a melhor resposta ao racismo."Não creio que os franceses sejam especialmente favoráveis ou contrários aos judeus. Episódios desse tipo são atribuídos a uma minoria, e seria um erro dar a isso importância exagerada", disse Haim Saban, ex-dirigente da Fox. Este ano, depois de muitas recusas, o cineasta Woody Allen, que é judeu, decidiu participar do festival e promover o lançamento mundial de seu novo filme, Hollywood Ending.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.