Alexandre Lima/ Divulgação
Alexandre Lima/ Divulgação

José Padilha fará longa sobre fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina

Filme do diretor de 'Tropa de Elite' será em inglês e terá colaboração de roteirista de 'Gran Torino'

EFE,

26 de maio de 2011 | 13h57

RIO DE JANEIRO - O brasileiro José Padilha dirigirá um filme sobre a tríplice fronteira entre o Brasil, Argentina e Paraguai, que falará sobre política e as organizações criminosas que operam nessa região.

 

O filme adotará o título de Tri-Border (Tríplice Fronteira, em tradução livre do inglês) e se centrará na história de um agente federal americano, especialista na luta contra o narcotráfico, enviado ao Paraguai depois que um filho de um senador de seu País é detido com substâncias ilegais em uma operação policial.

 

O agente, que é enviado à região contra sua vontade, deverá investigar a origem das organizações criminosas que controlam a região.

 

 

"A ideia é fazer um filme político camuflado dentro de um de ação para entreter e mostrar sobre a tríplice fronteira e o crime internacional em geral", disse Padilha em declarações ao site Hollywood Reporter.

 

O diretor, conhecido pelo sucesso de bilheteira Tropa de Elite, anunciou que o longa será filmado em inglês e contará com o apoio de Nick Schenk, roteirista do filme de Clint Eastwood Gran Torino.

 

Padilha pretende gravar seu novo trabalho em Foz do Iguaçu, no sul do Brasil, que faz fronteira com a argentina Porto Iguaçu e com a paraguaia Cidade do Leste.

 

"É uma realidade diferente em um ambiente totalmente diferente porque na tríplice fronteira se encontra a máfia italiana, chinesa, sérvia, boliviana e colombiana junto com traficantes brasileiros", acrescentou Padilha.

 

O diretor não deu detalhes sobre o início da filmagem nem sobre os atores que trabalharão no projeto, enquanto a imprensa brasileira especula a possibilidade do ator Wagner Moura, que interpretou o personagem Capitão Nascimento em Tropa de Elite, fazer parte do elenco.

Tudo o que sabemos sobre:
José PadilhaTri-BorderTropa de Elite

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.