Reuters
Reuters

Ator John Hurt divulga que está tratando de câncer no pâncreas

Com projetos já em andamento, britânico de 75 anos se diz otimista

EFE

16 de junho de 2015 | 16h23

O ator britânico John Hurt, de 75 anos, duas vezes indicado ao Oscar, anunciou nesta terça-feira, 16, que foi diagnosticado com câncer de pâncreas.

"Estou me submetendo ao tratamento e me sinto mais do que otimista sobre um desenlace satisfatório, como também se sente a equipe médica", indicou Hurt à agência local PA.

Hurt participou de séries de televisão como I, Claudius (1976) e foi indicado duas vezes ao Oscar, como ator coadjuvante em 1978 por O Expresso da Meia-Noite, e a melhor ator por O Homem Elefante, em 1980.

"Continuo focado em meus compromissos profissionais", disse Hurt, que gravará em breve uma versão da obra de teatro Jeffrey Bernard Is Unwell, do britânico Keith Waterhouse, para a BBC.

O ator assinalou que decidiu anunciar o diagnóstico à imprensa porque sempre foi "aberto" sobre sua vida.

Hurt, que participou de mais de 200 produções ao longo de sua carreira, voltará à televisão em novembro no Reino Unido com uma nova série de televisão produzida por Sky Atlantic, o drama The Last Panthers.

Ele está no elenco da nova versão de Tarzan, que está em pós-produção e estreará em 2016.

 


Mais conteúdo sobre:
CinemaJohn Hurt

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.