Giuseppe Anastasi/AP
Giuseppe Anastasi/AP

John Gavin, ator de 'Psicose' e 'Spartacus', morre aos 86

Americano foi, também, embaixador no México

AP

10 Fevereiro 2018 | 11h36

John Gavin, o alto e belo ator que apareceu em Spartacus, Psicose e outros filmes de sucesso dos anos 1960, que ele fez antes de se tornar embaixador no México durante o mandato de Ronald Reagan, morreu aos 86 anos.

Budd Burton Moss, empresário da mulher de Gavin, a atriz Constance Towers, disse que ele morreu na sexta-feira, 9, mas não confirmou a causa da morte.

Gavin interpretou Julio Cesar em Spartacus e o amante divorciado de Janet Leigh, Sam Loomis, em Psicose, clássico de Alfred Hitchcock.

Reagan escolheu Gavin para ocupar o posto diplomático no México em 1981, país com o qual ele já tinha uma ligação. Seu pai havia investido em minas no país e antepassados de sua mãe nascida no México estavam entre os primeiros hispânicos a se instalarem na Califórnia.

+++ Tudo sobre cinema

Gavin era fluente em espanhol e português.

Mais conteúdo sobre:
cinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.