Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

J.Lo ensina Richard Gere a dançar em novo filme

Dança Comigo? traz Richard Gere no papel de um promotor público, casado com Susan Sarandon, que se apaixona por uma instrutora de dança de salão, interpretada por Jennifer Lopez. Dançar é, no cinema, a mais velha metáfora de sexo. O diretor Peter Chelsom sabe disso. Seu filme, que estréia hoje, constrói-se sobre a metáfora de sexo possibilitada pela dança.No original japonês de Masayuki Suo, um homem comum, um assalariado, passa pela vida sentindo que lhe falta alguma coisa. A mulher, o trabalho, nada preenche o seu vazio. Ele descobre o que faz se sentir incompleto ao ver as pessoas dançando numa academia. Faz sentido - a cultura japonesa tradicional é repressiva em relação ao corpo. Dançar pode ser (e é), no filme, uma forma de libertação. Na produção americana, a dança é muito mais uma metáfora para o adultério que o personagem de Richard Gere tem medo de concretizar. É um advogado casado com Susan Sarandon. Parece feliz, mas vive sufocado pela rotina da vida no trabalho e no lar. Secretamente, Gere, que já dançou em Chicago, matricula-se na academia em que Jennifer López dá aula e se apaixona por ela. O que ocorre depois pertence ao domínio do moralismo hollywoodiano. O diretor Chelsom foge da raia quando o assunto é infidelidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.