Divulgação
Divulgação

Jennifer Lopez apoia lei de investimento no cinema em Porto Rico

Governador quer transformar o país em pólo cinematográfico

04 de março de 2011 | 20h23

Acompanhado por Jennifer López e Marc Anthony, o governador de Porto Rico, Luis Fortuño, assinou nesta sexta-feira uma lei que tem como objetivo transformar Porto Rico em um centro mundial de filmagens cinematográficas e televisivas.

"É possível criar milhares de empregos através da indústria cinematográfica", disse Fortuño sobre a Lei de Incentivos Econômicos para a Indústria Cinematográfica, que oferece um reembolso de até 40% por despesas na produção dos filmes gravados na ilha.

Também estabelece o pagamento às empresas cinematográficas de 20% das despesas de salários de pessoas não residentes na ilha e que trabalhem na produção, incluindo os atores, e estende as ajudas a curtas-metragens, documentários, séries, vídeos e anúncios, entre outras modalidades.

Marc Anthony, que se definiu como "embaixador de Porto Rico", disse que sua primeira missão será uma viagem a Hollywood para convencer as grandes produtoras californianas das vantagens de gravar na ilha caribenha.

Usando indistintamente o espanhol e inglês para dirigir-se aos jornalistas, Marc Anthony assegurou que a assinatura da lei supõe um dia histórico para o setor cinematográfico.

Jennifer Lopez, que adotou um papel secundário na apresentação, não arriscou no espanhol e garantiu em inglês que ambos sempre acreditavam no potencial de Porto Rico como destino cinematográfico.

A diretora-executiva da Corporação de Cinema, Mariella Pérez Serrano, indicou que a nova lei será uma ferramenta eficaz para atrair produções e gerar maior atividade econômica no setor cinematográfico local.

A lista de filmes rodados em 2010 em Porto Rico inclui Velozes 5, da Universal Pictures, Piratas do Caribe 4, da Walt Disney Pictures, e Os Perdedores de Warner Brothers, entre muitas outras.

Fortuño disse que os filmes realizados em Porto Rico geraram um investimento de US$ 43 milhões para a economia local e criaram cerca de 20 mil empregos. EFE

Tudo o que sabemos sobre:
Jennifer LópezPorto Ricocinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.