Alessandro Bianchi/REUTERS
Alessandro Bianchi/REUTERS

Javier Bardem e Penélope Cruz são indicados aos prêmios Goya por filme sobre Pablo Escobar

Casal estrela 'Amando Pablo', sobre a relação do traficante colombiano com a jornalista Virginia Vallejo

O Estado de S.Paulo

13 Dezembro 2017 | 11h17

O casal de atores Javier Bardem e Penélope Cruz recebeu nesta quarta-feira, 13, indicações ao maior prêmio do cinema espanhol, o Goya, por suas atuações no filme Amando Pablo, que fala sobre a relação do traficante colombiano Pablo Escobar com a jornalista  Virginia Vallejo.

"Acabo de receber a notícia de nossas indicações ao Goya por Amando Pablo e meus olhos encheram de lágrimas", afirmou a atriz em um comunicado da distribuidora Filmax. Cruz ressaltou o trabalho de cada membro da equipe do filme por levar o projeto adiante e dedicou a eles sua décima indicação ao Goya. 

Com o filme, que tem Bardem como produtor, Cruz vai enfrentar na categoria de melhor atriz Maribel Verdú (Abracadabra), Nathalie Poza (No sé decir adiós) e Emily Mortimer (La librería). Já na categoria de melhor ator, Bardem concorre com Javier Gutiérrez (El autor), Andrés Gertrúdix (Morir) e Antonio de la Torre (Abracadabra). 

Para categoria principal, de melhor filme, porém, Amando Pablo ficou de fora. Concorrem El autor, Verão 1993, Handia, La librería e Verónica

O Goya indicou, também, filmes lembrados na lista do Globo de Ouro, divulgada no início da semana. O sueco The Square concorre com C'est la vie! (França), Lady Macbeth (Reino Unido) e Toni Erdmann (Alemanha) como melhor filme europeu.

Já o chileno Uma Mulher Fantástica concorre com Amazona (Colômbia), Tempestad (México) e Zama (Argentina) como melhor filme iberoamericano. Zama, aliás, é a única produção com toque brasileiro na premiação deste ano; Vânia Catani é uma das produtores e o ator Matheus Nachtergaele um dos protagonistas. 

Confira, abaixo, as principais indicações aos prêmios Goya, cuja cerimônia de entrega será realizada em 3 de fevereiro. Handia, de Aitor Arregi e Jon Garaño, com 13 indicações, e La librería, de Isabel Coixet, com 12, encabeçam a lista dessa 32ªedição do prêmio.

Melhor filme

El autor

Verão 1993

Handia

La librería

Verónica

Melhor direção

Manuel Martín Cuenca, por El autor

Aitor Arregi e Jon Garaño, por Handia

Isabel Coixet, por La librería

Paco Plaza, por Verónica

Melhor roteiro original

Pablo Berger, por Abracadabra

Carla Simón, por Verão 1993

Aitor Arregi, Andoni de Carlos, Jon Garaño e Jose Mari Goneaga, por Handia

Fernando Navarro e Paco Plaza, por Verónica

Melhor roteiro adaptado

Javier Ambrossi e Javier Calvo, por La llamada

Alejandro Hernández e Manuel Martín Cuenca, por El autor

Agustí Villaronga e Coral Cruz, por Incierta gloria

Isabel Coixet, por La librería

Melhor ator

Antonio de la Torre, por Abracadabra

Javier Gutiérrez, por El autor

Javier Bardem, por Amando Pablo

Andrés Gertrúdix, por Morir

Melhor atriz

Maribel Verdú, por Abracadadra

Emily Mortimer, por La librería

Penélope Cruz, por Amando Pablo

Nathalie Poza, por No sé decir adiós

Melhor ator coadjuvante

José Mota, por Abracadabra

Antonio de la Torre, por El autor

David Verdaguer, por Verão 1993

Bill Nighy, por La librería

Melhor atriz coadjuvante

Adelfa Calvo, por El autor

Anna Castillo, por La llamada

Belén Cuesta, por La llamada

Lola Dueñas, por No sé decir adiós

Ator revelação

Pol Monen, por Amar

Eneko Sagardoy, por Handia

Eloi Costa, por Pieles

Santiago Alverú, por Selfie

Atriz revelação

Adriana Paz, por El autor

Bruna Cusí, por Verão 1993

Itziar Castro, por Pieles

Sandra Escacena, por Verónica

Melhor filme iberoamericano

Uma Mulher Fantástica (Chile)

Amazona (Colômbia)

Tempestad (México)

Zama (Argentina)

Melhor filme europeu

The Square (Suécia)

C'est la vie! (França)

Lady Macbeth (Reino Unido)

Toni Erdmann (Alemanha)

Melhor documentário

Cantábrico, los dominios del oso pardo

Dancing Beethoven

Muchos hijos, un mono y un castillo

Saura(s)

Melhor animação

Deep

Nur eta Herensugearen tenplua

Tadeo Jones 2. El secreto del Rey Midas

* Com a EFE. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.