Twentieth Century Fox
Twentieth Century Fox

Jaqueta de Brad Pitt em 'Clube da Luta' está entre objetos que irão a leilão em dezembro

São quase mil itens, que inclui ainda a bota que Julia Roberts usou em 'Uma Linda Mulher' e o sabre de luz de Obi-Wan Kenobi em 'Star Wars: A Vingança dos Sith'

Hanna Rantala, Reuters

21 de outubro de 2020 | 08h07

Os fãs de cinema terão a chance de obter as botas de couro na altura das coxas que Julia Roberts usou em Uma Linda Mulher ou a jaqueta de aviador vestida por Tom Cruise em Top Gun – Ases Indomáveis quando quase mil itens usados em filmes forem a leilão em dezembro.

Os artefatos do leilão anual Prop Store Entertainment Memorabilia Live Auction foram caçados pelo chefe da Prop Store, Stephen Lane, por meio de sua rede de cineastas, membros de elencos e equipes, empresas de produção e colecionadores.

“Comecei a Prop Store por causa da minha paixão por colecionar, então a graça está na caça”, disse Lane à Reuters nos armazéns de sua empresa em Rickmansworth, perto de Londres.

“Muitos destes artefatos são simplesmente jogados fora no final da produção, ou certamente costumavam ser. Eram simplesmente descartados ou vendidos barato. E isso significava que iam para os quatro cantos”, disse.

Alguns dos itens da lista deste ano aparecerem de forma inesperada.

Lane, fã apaixonado de Star Wars, estava visitando um membro da equipe que estava expondo seu baú do tesouro de objetos de cena da série em casa quando viu outra peça cheia da mágica do cinema: a bola de cristal que David Bowie usou em Labirinto - A Magia do Tempo.

Entre os destaques estão o sabre de luz de Obi-Wan Kenobi em Star Wars: A Vingança dos Sith, o chapéu fedora usado por Jack Nicholson em Batman e o terno de treinamento de James Bond em 007 – Operação Skyfall, além da jaqueta envergada por Brad Pitt em Clube da Luta.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.