Jantar reúne celebridades em Veneza

Após a cerimônia de inauguração do Festival de Veneza, um jantar de gala abriu nessa quarta-feira à noite o calendário de festas cinematográficas na cidade dos canais. Já com o Leão de Ouro nas mãos, Clint Eastwood, o homenageado desta 57.ª edição do evento, roubou a cena entre os convidados que lotaram a luxuosa sala de banquetes do Hotel de Bains.A organização do festival acertou na escolha do cenário, já que o hotel, localizado na avenida Lundomare Marconi, tem tradição cinematográfica. Foi nele que Luchino Visconti rodou o clássico Morte em Veneza, protagonizado por Dirk Bogarde em 1971. Em homenagem ao cineasta italiano, a sala de banquetes até leva o seu nome. Com o teto e as paredes em madeira, o espaço conserva o charme do início do século.Bancado pelo festival e pela Warner (distribuidora do filme de abertura, Space Cowboys), o jantar reuniu mil convidados, devidamente trajados para acompanhar o requinte da sala - iluminada por gigantescos lustres de cristal. Os homens optaram pelo smoking e, entre as mulheres, predominou o vestido longo acompanhado de chale e jóias.Clint Eastwood, aplaudido de pé ao entrar na sala, chegou na companhia da mulher, Dina. Mas o casal deixou o hotel antes de terminar o jantar, com a desculpa de que eles tinham de partir na manhã seguinte para Deauville, na França, onde Eastwood também apresentará Space Cowboys e receberá outro prêmio pelo conjunto da obra.Durante o jantar, assinado pela chef Fulvia Sesani, foi servido torta de penne com espinafre, faisão ao molho de vinho e corbeille de sorvete de baunilha. Músicos se encarregaram do entretenimento, executando desde peças de Bach até composições italianas populares.Apesar da trilha sonora, foram poucos os convidados que arriscaram alguns passos - entre eles o ator escocês Peter Mullen (de Meu Nome é Joe), que escolheu um traje pouco discreto, um kilt violeta. Mullen, membro do júri para filmes de diretores estreantes, dividiu a mesa com o diretor Atom Egoyan e a atriz Chiara Mastroianni, que usava um vestido preto para contrastar com os cabelos, recém-pintados de loiro.Também compareceram à festa, que se estendeu até as 2h, os parceiros de Eastwood em Space Cowboys (Tommy Lee Jones, Donald Sutherland e James Garner), o cineasta Milos Forman, presidente do júri principal, e a atriz Jennifer Jason Leigh. Esta escolheu um modelo curioso para a noite: um vestido amarelo com borboletas em relevo e uma pele de animal envolta do pescoço.Uma das personalidades mais aguardadas no jantar era Sharon Stone, que havia entregue o prêmio a Clint Eastwood horas antes no Palazzo del Cinema. Mas a estrela frustou os fotógrafos que ficaram de plantão na entrada do hotel. Um dos assessores do festival disse que a atriz precisava guardar energias para a noite de hoje, quando será realizado o evento Cinema Against Aids Venice 2000.Stone foi escolhida pela entidade organizadora, a Amfar (American Foundation for Aids Research), como a anfitriã do jantar beneficiente, com ingressos a quase US$ 2 mil na Fondazione Giorgio Cini, na ilha San Giorgio Maggiore. Além de receber os convidados do jantar, com filé mignon com molho de limão no cardápio, Stone também foi escalada para conduzir um leilão de bolsas de luxo da Louis Vuitton. A coleção foi criada pela própria Stone - que trabalhou em parceria com a marca durante quatro anos no desenho das peças. Segundo nota divulgada pela Amfar, Stone abriu mão de todos os lucros sobre a coleção que chega em breve às lojas da Vuitton em todo o mundo. Ela doará tudo à campanha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.