Mario Anzuoni/Reuters
Mario Anzuoni/Reuters

Jane Campion pede desculpas a Serena e Venus Williams por comentário no Critics Choice Awards

Seu comentário foi considerado machista e racista e ela se desculpou por meio de um comunicado

Redação, AFP

15 de março de 2022 | 07h47

Jane Campion, diretora favorita ao Oscar, pediu desculpas às estrelas do tênis Serena e Venus Williams nesta segunda-feira, 14, por seu comentário descuidado durante a cerimônia do Critics Choice Awards em Hollywood no domingo, 13.

Campion provocou críticas com seu discurso ao receber o prêmio de melhor diretora pelo faroeste gótico Ataque dos Cães.

A cineasta da Nova Zelândia elogiou as mulheres na gala repleta de estrelas, destacando as irmãs Williams que estavam ao lado do ator Will Smith, protagonista da cinebiografia King Richard: Criando Campeãs.

"Serena e Venus, vocês são maravilhosas. No entanto, vocês não precisam competir com os homens como eu", disse Campion.

Os comentários provocaram uma reação imediata, com usuários das redes sociais classificando-os como machistas e racistas.

As palavras de Campion ecoaram amplamente no Twitter e a diretora logo se desculpou nesta segunda-feira, 14.

"Fiz um comentário sem pensar comparando o que alcancei na indústria cinematográfica com o que Serena Williams e Venus Williams conquistaram", afirmou ela em um comunicado publicado pela imprensa americana.

"Minha intenção não era menosprezar essas duas lendárias mulheres negras, atletas de nível mundial."

"O fato é que as irmãs Williams competiram com homens nas quadras e fora delas, elevaram os padrões e abriram as portas para as mulheres neste mundo."

"A última coisa que eu gostaria é de minimizar essas grandes mulheres. Eu adoro Serena e Venus. Suas conquistas são titânicas e inspiradoras. Serena e Venus, peço desculpas e aplaudo completamente vocês", escreveu Campion.

O furor causado por seus comentários no domingo ameaçou ofuscar seu fim de semana triunfante, no qual ela também recebeu um prêmio Bafta, aumentando sua lista de reconhecimentos na reta final a caminho do Oscar, no qual concorrerá à categoria de melhor direção.

Campion também ganhou um Globo de Ouro e um prêmio do Sindicato de Diretores dos EUA por seu longa ambientado no oeste americano na década de 1920 e estrelado por Benedict Cumberbatch.

A votação para decidir os vencedores do Oscar começa nesta quinta-feira, 17, e a cerimônia de entrega dos prêmios será realizada em Hollywood em 27 de março.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.